CobNews

TRABALHO NA CONSTRUÇÃO CRESCE 1,54% EM 2013

Notícias >> Mais de 3,4 milhões compunham a mão de obra do setor no final do ano passado. No Estado, foram criadas 11,9 mil vagas, aumento de 1,37%.

O total de trabalhadores empregados no setor de construção civil no País no fim do ano passado foi 1,54% maior do que no fim de 2012.

No ano, foram criadas 52 mil vagas de trabalho (saldo das contratações menos demissões), de acordo com pesquisa divulgada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (Sinduscon-SP) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Com o resultado, o setor empregava 3426 milhões de trabalhadores em todo o País ao final de dezembro de 2013.

Nesse mês, porém, foi apurada diminuição de 2,53% no indicador em relação a novembro, com o fechamento de 89 mil vagas. Contudo, essa queda sazonal foi menos acentuada do que em dezembro de 2012, quando o saldo entre demissões e contratações ficou negativo em 101,7 mil postos de trabalho.

No Estado de São Paulo, foram criadas 11,9 mil vagas de trabalho no setor em 2013, alta de 1,37% ante 2012. Ao final de dezembro, o Estado empregava 878,6 mil pessoas com carteira assinada. Em dezembro, o índice apresentou declínio de 2,2% em relação a novembro, com o fechamento de 19,8 mil vagas.

 Mais dados  

 52 mil Vagas de trabalho (saldo das  contratações menos demissões)  foram criadas no ano de 2013,  segundo o Sinduscon-SP e a FGV  

 73% Dos empresários têm a intenção  de realizar investimentos nos  próximos 12 meses, de acordo  com o Termômetro da Abramat  

 Temperatura.  Outro levantamento envolvendo o setor mostra que a sinalização de investimentos por parte dos empresários da indústria de materiais de construção começou 20i4levemente abaixo do registrado no fim de 2013.

A informação faz parte da pesquisa Termômetro Abramat, divulgada pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat).

Em janeiro, 73% dos empresários consultados afirmaram ter a intenção de realizar investimentos nos próximos 12 meses. O patamar ficou abaixo dos 74% registrados em dezembro. No entanto, o resultado foi melhor do que em janeiro de 2013, quando marcou 71%.

A capacidade instalada da indústria ficou em 82% em janeiro de 2014, estável na comparação mensal e na anual.

Em janeiro, 15% dos empresários se disseram otimistas, ante 19% em dezembro e 37% em janeiro de 2013. Neste mês, 76% se disseram indiferentes, e 10%, pessimistas.

Já em relação às vendas da indústria, 52% dos entrevistados pela pesquisa acreditam em desempenho bom ou muito bom em fevereiro, 43% esperam resultado regular e outros 5%, ruim.

FONE: +55 31 3296-7005
FAX: +55 31 3292-7814
AV. RAJA GABÁGLIA, 4987
SANTA LÚCIA - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS
FONE: +55 31 3378-4527
Av. AGGEO PIO SOBRINHO, 431
BURITIS - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS