CobNews

INCORPORADORAS APOSTAM EM RETRAÇÃO PARA ENFRENTAR CENÁRIO MACROECONÔMICO ADVERSO.

Notícias >> A desaceleração do mercado imobiliário exige ainda mais cautela nesse processo de reestruturação, que já vem ocorrendo nos últimos anos.

As incorporadoras de capital aberto vivem um momento totalmente inverso ao da época das ofertas iniciais de ações, quando se iniciava um ciclo de crescimento geográfico intenso. Hoje, a maioria das companhias acredita que quanto menor a estrutura, melhor para a organização e o controle das operações - e é com essa aposta que elas pretendem enfrentar o cenário macroeconômico adverso. As grandes têm diminuído de tamanho e trazido o negócio para perto de suas regiões de origem, seguindo o velho ditado de que 'o olho do dono engorda o gado'. A desaceleração do mercado imobiliário exige ainda mais cautela nesse processo de reestruturação, que já vem ocorrendo nos últimos anos. Eztec e JHSF, por exemplo, que evitaram grandes expansões, não tiveram tantos prejuízos como Gafisa e PDG Realty. Mas praticamente todas vêm efetuando ajustes, seja reduzindo o quadro de funcionários e filiais ou melhorando a gestão da companhia.
FONE: +55 31 3296-7005
FAX: +55 31 3292-7814
AV. RAJA GABÁGLIA, 4987
SANTA LÚCIA - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS
FONE: +55 31 3378-4527
Av. AGGEO PIO SOBRINHO, 431
BURITIS - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS