CobNews

EMPRESÁRIOS E DEPUTADOS DEMONSTRAM PREOCUPAÇÃO

Notícias >> A crise no setor da construção civil foi tema de debate entre deputados e empresários do setor da construção

O debate foi realizado no Plenário Ulysses Guimarães, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Em alerta aos parlamentares, o presidente da CBIC, José Carlos Martins, disse que o setor deve perder neste ano 500 mil empregos, o que significa que cerca de 2 milhões de brasileiros vão deixar de ter uma fonte de sustento. “Nesse instante o efeito não é muito grande, pois convivem seguro desemprego com rescisão. Eu quero ver como isso vai se comportar no ano que vem e ninguém está enxergando isso”, destacou.

 

O deputado JHC destacou a importância de se ter novos tipos de financiamento para o setor da construção, grande gerador de emprego e renda. “É necessário discutir novas maneiras de financiamento que possam ser menos abaladas como as atuais maneiras têm sido pela crise generalizada que temos enfrentado nos últimos meses”, JHC

 

Com a perda desses empregos, Martins enfatizou que a Previdência vai deixar de receber do setor uma contribuição de cerca de R$ 4 bilhões. Sobre o ajuste fiscal, destacou que os cortes no orçamento federal têm um impacto profundo no setor, no que se refere aos investimentos e aumento de tributos e que o orçamento básico da União deste ano prevê que apenas 2,5% dos recursos serão destinados a obras e investimentos. Também participaram da sessão plenária os deputados Carlos Marun (PMDB-MS), Izalci Lucas (PSDB-DF), Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), João Carlos Bacelar (PR-BA), Wilson Filho (PTB-PB), Valadares Filho (PSB-SE), André Moura (PSC-SE), Rubens Bueno (PPS-PR)  e os presidentes Luciano Franco Barreto (Aseopp), José Eugênio Souza de Bueno Gizzi (Sinduscon-PR), Carlos Henrique Passos (Sinduscon-BA), Luiz Carlos Botelho Ferreira (Sinduscon-DF), Carlos Eduardo Lima Jorge (COP/CBIC), Paulo Jorge Nogueira Malgueiro da Silva (Ademi-AL), Jorge Alberto Vieira Studart (Fiec) e Antonio de Souza Ramalho (Sintracon-SP).

FONE: +55 31 3296-7005
FAX: +55 31 3292-7814
AV. RAJA GABÁGLIA, 4987
SANTA LÚCIA - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS
FONE: +55 31 3378-4527
Av. AGGEO PIO SOBRINHO, 431
BURITIS - BELO HORIZONTE
MINAS GERAIS